Conecte-se conosco

Polícia

Após 63 km de fuga e tiros, PRF prende caminhoneiro que dirigia sob efeito de cocaína

Alô Paraná

Publicado:

em

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu em flagrante um motorista de caminhão que dirigia sob efeito de cocaína e quase provocou uma série de acidentes na BR-116, entre Curitiba (PR) e São Paulo (SP).

A prisão ocorreu na tarde de ontem (8), em Campina Grande do Sul, município da região metropolitana de Curitiba.

Por volta de 12h20, uma equipe da PRF fazia ronda pela Rodovia Régis Bittencourt, na pista sentido São Paulo, altura do quilômetro 25, quando percebeu que diversos motoristas apontavam na direção de um caminhão que transitava mais à frente, no mesmo sentido.

O caminhão, modelo Ford Cargo, transitava em zigue-zague e ameaçava os demais caminhões e automóveis. O motorista realizava mudanças de faixa repentinas, forçando os outros veículos a frear ou sair de pista para evitar uma colisão.
Quando a viatura da PRF se aproximou, foi alvo das mesmas manobras, claramente intencionais, por parte do caminhoneiro, que desobedeceu as ordens de parada. Dezesseis quilômetros à frente, ele fez o retorno e seguiu na direção de Curitiba.

Como havia um risco iminente de o caminhoneiro provocar um acidente de grandes proporções, os policiais rodoviários federais efetuaram disparos na direção dos pneus do caminhão. Mesmo com cinco pneus perfurados, o motorista seguiu em fuga, que totalizou exatos 63 quilômetros. Alguns dos pneus se desmancharam por completo, e as rodas se arrastavam no asfalto.

Barreira e abordagem

Com apoio de um helicóptero da PRF e de outros policiais rodoviários federais e equipes da Polícia Militar, foi montada então uma barreira em frente à Unidade Operacional Taquari, no quilômetro 56 da rodovia.

Quando avistou o bloqueio, o caminhoneiro ainda tentou fazer o retorno e acessar a pista contrária, mas acabou por parar sobre o canteiro central.

Ele se recusou a sair da cabine do caminhão e resistiu à prisão de forma agressiva, se debatendo, chutando e tentando agredir os agentes. Foram necessários seis policiais para contê-lo e algemá-lo.

O motorista, de 23 anos de idade e morador de Caxias do Sul (RS), responderá pelos crimes de conduzir veículo automotor com capacidade psicomotora alterada por substância psicoativa que determine dependência, direção perigosa, desobediência e resistência à prisão.

Aos policiais rodoviários federais, o homem admitiu ser usuário de cocaína há cerca de dois anos. Dentro da cabine, sob uma folha de papel, foi localizada uma pequena quantidade de substância análoga à cocaína.

O homem transportava uma carga de batatas. Ele saiu do Rio Grande do Sul, com destino à São Paulo (SP). Totalmente fora de si, alegou apenas que alguém estaria tentando roubá-lo –provavelmente um efeito do entorpecente.

A PRF encaminhou o preso para a Delegacia da Polícia Civil de Campina Grande do Sul. O caminhão permaneceu retido no pátio da PRF.

Além dos enquadramentos criminais, o motorista ainda foi autuado por sete infrações de trânsito: dirigir sob efeito de substância psicoativa, dirigir ameaçando os demais veículos, deixar de dar passagem à viatura policial, transitar em acostamento, demonstrar manobra perigosa, transitar sobre marcas de canalização e não portar documento obrigatório.

Polícia

PF investiga estelionato contra a Caixa Econômica em Ponta Grossa e Curitiba

Alô Paraná

Publicados

em


A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira, 14, a Operação Broadway para investigar suposto estelionato contra a Caixa Econômica Federal.

“A ação tem como alvos pessoas suspeitas de produzirem documentos falsos para a abertura de contas fantasmas na instituição bancária”, diz a PF.

Policiais federais cumpriram mandados de busca e apreensão nas cidades de Curitiba/PR e Ponta Grossa/PR.

Segundo a PF, ‘as contas criadas pelos suspeitos eram utilizadas para fazer empréstimos fraudulentos junto à Caixa e outros bancos’. “Foi apurado prejuízo superior a R$ 1 milhão com as fraudes”.

“Durante o cumprimento dos mandados de busca e apreensão, foram apreendidos documentos, celulares e mídias. Em um dos celulares foram localizadas imagens de documentos de centenas de pessoas”, afirma a corporação.

Os envolvidos irão responder pelo crime de estelionato, cuja pena é de um a cinco anos de prisão. O nome da Operação faz referência ao apelido de um dos investigados, que é conhecido como “Drama”.

Continue lendo

Polícia

Polícia Civil em condenado por matar a esposa em Colombo

Alô Paraná

Publicados

em


Polícia Civil prendeu, na terça-feira (11), um homem de 44 anos condenado por matar a mulher em Colombo há 12 anos. A prisão ocorreu na casa do condenado, no bairro Parque do Embu, após a sentença condenatória transitar em julgado. O homem matou Josiane Aparecida Xavier, 33, com um golpe de faca no pescoço na frente dos filhos de 8 e 14 anos.

O homicídio ocorreu no ano de 2007, no bairro São Gabriel. Horas antes de ser assassinada, Josiane tinha sido escoltada por policiais militares até em casa para buscar os pertences, em função da violência doméstica que sofria. Na ocasião, o marido estava em casa e convenceu a vítima a ficar na casa para reatar o relacionamento. Na sequência, o assassino matou a mulher em um dos quartos da casa.

Desde a data do crime, o homem utilizou de todos os recursos e remédios constitucionais disponíveis para não ser preso. Somente em 2018 foi decretada a prisão do criminoso pela 1ª vara criminal de Colombo, após a sentença condenatória transitar em julgado e determinar a pena de 11 anos e 3 meses de detenção.

O homem está preso no setor de carceragem da PCPR e permanece à disposição da Justiça.

Continue lendo

Polícia

GM apreende cinco quilos de maconha no Boa Vista em Limeira

Alô Paraná

Publicados

em


Foto: Divulgação / Prefeitura de Ponta Grossa

A Guarda Municipal apreendeu, na tarde desta segunda-feira (10), cinco quilos de maconha na região do bairro Boa Vista, em Ponta Grossa (PR).

De acordo com a GM, um homem foi preso e encaminhado à delegacia da 13ª SDP para que fossem tomadas as providências cabíveis.

A ação teve início durante patrulhamento da equipe Alpha do Getam (Grupo Especial Tático com Apoio de Motocicletas) da Guarda Municipal e ao empreender abordagem junto ao condutor de um veículo Celta, cor prata, a equipe localizou aproximadamente cinco quilos de maconha no interior do automóvel, além de mais de R$ 300 em dinheiro.

Diante dos fatos, os agentes deram voz de prisão ao suspeito, que foi encaminhado ao Plantão Policial.

Continue lendo

EM ALTA