Conecte-se conosco

Esporte

Abertas inscrições para a 2ª Corrida da Casa Militar

Alô Paraná

Publicado:

em

Estão abertas as inscrições para a 2ª Corrida da Casa Militar, que ocorre no dia 26 de maio. A largada será no Palácio Iguaçu e está prevista para as 7 horas – o percurso total ainda vai ser divulgado. As inscrições custam a partir de R$ 48 e podem ser feitas até a véspera do evento, com limite para 3 mil pessoas, no site www.thomeesantos.com.br.

Os kits para as corridas de 5 km e 10 km, caminhada de 3 km e corrida kids serão entregues nos dias 24, das 10h às 19h, e 25 de maio, das 10h às 15 h, no Hall do Palácio Iguaçu, com apresentações das Unidades da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros.

FILANTRÓPICO
Além da parte física, a prova ajudará a arrecadar agasalhos para entidades filantrópicas do Estado – parte do valor da inscrição será revertido para ações filantrópicas. Há ainda a possibilidade de doar peças de vestuário ou cobertores nos dias de retiradas do kit ou durante a corrida.

Haverá premiação em dinheiro para os cinco primeiros colocados gerais nas provas de 5 e 10 km das categorias Comunidade e Militar, masculino, feminino e pessoas com necessidades especiais. O campeão ganha R$ 500. As crianças receberão medalhas. “O aspecto social é muito importante. O foco é aquecer o inverno de pessoas menos favorecidas. Por isso pedidos a ajuda de toda a população”, ressalta o Major Adriano de Mello, um dos organizadores do evento.

Futebol

Brasil confirma favoritismo e vence Copa América contra o Peru

Alô Paraná

Publicados

em


Deu a lógica do futebol na final entre Brasil e Peru, com a Seleção Canarinho sagrando-se campeã da Copa América, vencendo por 3 x 1. A partida, neste domingo (7), foi emocionante desde os primeiros minutos de jogo, com as seleções brasileira e peruana duelando em pé de igualdade, com superioridades técnica e individual do Brasil recebendo combate com garra e disposição por parte do Peru.

A partida iniciou após um minuto de silêncio em homenagem ao músico João Gilberto, falecido ontem. Logo no início, aos 2 minutos de jogo, o juiz marcou uma falta para o Peru, batida por Cueva com perigo, no canto inferior direito de Alisson, com a bola indo para fora. Aos 5 minutos, um ataque do Peru foi parado com falta em cima de Guerrero. A tática peruana foi partir para cima do Brasil, tentando manter os brasileiros em sua defesa. Mas a estratégia abriu espaço para o Brasil, que foi acertou passes e levou perigo ao goleiro Gallese.

A partir dos 12 minutos, o domínio passou a ser brasileiro, invertendo o jogo e mantendo o Peru em seu campo de defesa e forçando ao erro o time de Ricardo Gareca. Até que aos 14 minutos, um passe de Gabriel Jesus encontrou Everton Cebolinha, que colocou nas redes, sem chances para Gallese.

O gol brasileiro desestabilizou o time peruano, que passou a errar passes e demonstrar nervosismo em campo. Aos 24 minutos, Coutinho recebeu de Firmino e chutou com perigo, com a bola passando próxima à trave. Aos 30, Gabriel Jesus fez falta de ataque e recebeu cartão amarelo. Aos 34, passe de Firmino cabeceou por cima do gol, mas o assistente já havia marcado impedimento.

A partir dos 36, o time peruano conseguiu se reorganizar em campo e passou a atacar o gol de Alisson, mas sem maior perigo. Até que aos 41, a bola toca o braço esquerdo de Thiago Silva dentro da área e o juiz marca pênalti, após conferir o VAR (árbitro de vídeo). Guerrero bateu colocado no canto esquerdo de Alisson, que pulou para o lado errado.

Mas a alegria peruana só durou até os 47 minutos, com gol de Gabriel Jesus recebendo de Arthur e tocando rasteiro no canto direito de Gallese.

Segundo tempo

Logo a 1 minuto da segunda etapa, o Brasil começou atacando e conseguiu um escanteio, sem levar perigo ao gol peruano. Aos 3 minutos, Tapia parou ataque do Brasil fazendo carga contra Coutinho e levando cartão amarelo. Aos 7 minutos, Thiago Silva fez falta sobre Cueva e também levou cartão amarelo. Aos 9 minutos, tabela entre Gabriel Jesus e Firmino levou perigo ao gol peruano, mas não foi aproveitada.

Aos 11, Everton Cebolinha fez vários dribles em cima da zaga peruana e cruzou na cabeça de Firmino, que não aproveitou e jogou para fora. A pressão brasileira continuou, mas não intimidou o Peru, que optou por não se fechar, mesmo sem levar perigo para Alisson.

Aos 22 minutos, Zambrano fez falta violenta em Gabriel Jesus e levou cartão amarelo. Aos 24, Gabriel Jesus fez falta, levou o segundo cartão amarelo e acabou expulso, saindo inconformado de campo, empurrando e quase derrubando a cabine do VAR . A expulsão motivou os peruanos que partiram para cima. Tite tirou Firmino e colocou Richarlison. Em seguida, tirou Coutinho e colocou Éder Militão.

Aos 32, o técnico Gareca tirou Yotún e colocou Ruidiaz. Aos 38, Advincula fez falta forte em cima de Everton Cebolinha, parando o ataque brasileiro. Aos 40, saiu Carrillo para a entrada de Polo. Em seguida, aos 41, Everton Cebolinha foi trombado por Zambrano na grande área e o juiz marcou pênalti, após consultar o VAR. A cobrança coube a Richarlison, que chutou à direita de Gallese, que ainda foi na bola, mas não alcançou, chegando aos 3 x 1, levantando a torcida aos gritos de “É campeão”.

Tite ainda fez mais uma substituição, colocando Allan no lugar de Everton Cebolinha. O Peru ainda tentou uma reação, mas não havia mais tempo, com a partida terminando aos 51 minutos.

Festa e Bolsonaro

A taça foi erguida pelo capitão Daniel Alves, que a recebeu das mãos de Alejandro Domingues, presidente da Conmebol, consagrando a festa brasileira no campo e nas arquibancadas. O presidente Jair Bolsonaro participou da comemoração. Antes, logo no início da partida, ele tomou lugar na tribuna de honra. Bolsonaro estava acompanhado dos ministros da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, da Economia, Paulo Guedes, da Cidadania, Osmar Terra, das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, e do Gabinete de Segurança Institucional, general Augusto Heleno. O senador Flávio Bolsonaro, o deputado federal Eduardo Bolsonaro, o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, e o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, também estavam presentes.

Antes da partida

Para a festa de encerramento, o campo foi coberto com uma lona colorida e um palco com o formato da América do Sul foi montado no centro do estádio. A cantora Anitta se apresentou e cantou ao lado do porto-riquenho Pedro Capó. Ao final do show, ela homenageou o cantor e compositor João Gilberto, chamando-o de mestre. 

Escalação

O Brasil jogou com: Alisson, Dani Alves, Marquinhos, Thiago Silva, Alex Sandro, Arthur, Casemiro, Philippe Coutinho (Éder Militão), Gabriel Jesus, Roberto Firmino (Richarlison) e Everton (Allan).

O Peru jogou com: Pedro Gallese, Luis Advíncula, Carlos Zambrano, Luis Abram, Miguel Trauco, Renato Tapia (Gonzales), Yoshimar Yotún (Ruidiaz), André Carrillo (Polo), Christian Cueva, Edison Flores e Paolo Guerrero.

Continue lendo

Esporte

Brooklyn Nets surpreende na NBA e acerta com Kevin Durant e Kyrie Irving

Alô Paraná

Publicados

em


O início da agência livre da NBA, período onde as franquias podem negociar com os jogadores sem contrato, começou neste domingo formando um potencial grande time para os próximos anos: o Brooklyn Nets. A franquia de Nova York conseguiu contratar Kevin Durant e Kyrie Irving, dois dos mais cobiçados atletas da atualidade.

Depois de uma passagem cheia de atritos pelo Boston Celtics, Irving assinou um vínculo de US$ 141 milhões (R$ 542 milhões) por quatro anos. Já Durant, que se recupera de uma lesão no tendão de Aquiles e deve perder toda a próxima temporada, abriu mão de uma oferta de renovação com o Golden State Warriors, de US$ 221 milhões (R$ 851 milhões), e aceitou um contrato de US$ 164 milhões (R$ 631 milhões), também por quatro anos, para fazer a parceria com seu amigo. Vai se juntar a dupla o pivô DeAndre Jordan, que estava no rival New York Knicks.

Outro time que se movimentou rápido, mas nesse caso para não perder as suas principais peças foi o Milwaukee Bucks. A franquia de Wisconsin, dona da melhor campanha da última temporada regular, renovou com o pivô Brook Lopez por quatro anos, por US$ 52 milhões (R$ 200 milhões), e com o ala Khris Middleton por cinco anos, pagando US$ 178 milhões (R$ 685 milhões). A baixa fica por conta de Malcolm Brogdon. O calouro do ano em 2016/2017 foi para o Indiana Pacers, onde vai receber US$ 85 milhões (R$ 327 milhões) em quatro anos. Jeremy Lamb também fechou com a equipe de Indianápolis.

Uma opção que surpreendeu na liga norte-americana foi a de Nikola Mirotic. O montenegrino, mas que defende a Espanha, fechou decidiu deixar a NBA para atuar pelo Barcelona. Outro atleta espanhol que movimentou a janela de transferências foi Ricky Rubio. O armador, ex-Utah Jazz, assinou por três anos, no valor de US$ 51 milhões (R$ 196 milhões), com o Phoenix Suns.

Em outro negócio que já era esperado, Kemba Walker deixou o Charlotte Hornets e assinou com Boston Celtics. Já Terry Rozier faz o caminho inverso e vai para a franquia da Carolina do Norte O Dallas Mavericks também conseguiu garantir a renovação de Kristaps Porzingis. O letão está no time texano desde a troca com os Knicks na última temporada, mas não jogou por estar se recuperando de lesão no ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo.

Mesmo não tendo o mesmo impacto de antigamente por conta dos seguidos problemas físicos sofridos ao longo dos anos, Derrick Rose foi outro nome cobiçado na agência livre. O melhor jogador da liga em 2010/2011 fechou com o Detroit Pistons.

Restam alguns grandes nomes que ainda não decidiram o seu futuro nas primeiras horas da abertura da janela: Kawhi Leonard, Al Horford, DeMarcus Cousins, Jimmy Butler, D’Angelo Russell, Julius Randle e Danny Green.

Confira outras movimentações de agentes livre na NBA:

Orlando Magic – Nikola Vucevic (renovação), Terrence Ross (renovação) e Al-Farouq Aminu (contratação)

Sacramento Kings – Harrison Barnes (renovação), Trevor Ariza (contratação) e Dewayne Dedmon (contratação)

New Orleans Pelicans – J.J Redick e Nicolo Melli (ambos contratação)

Utah Jazz – Bojan Bogdanovic (contratação)

Chicago Bulls – Thaddeus Young (contratação)

Memphis Grizzlies – Jonas Valanciunas (renovação)

Philadelphia 76ers – Tobias Harris (renovação)

Continue lendo

Futebol

Brasil pega o Paraguai nas quartas de final da Copa América

Alô Paraná

Publicados

em


Com a conclusão da fase de grupos da Copa América hoje (24), ficou definido que o Paraguai será o adversário do Brasil nas quartas de final da competição, na próxima quinta-feira (27).

O Brasil chega ao confronto como o primeiro colocado do grupo A, com duas vitórias e um empate.

Já o Paraguai se classificou como um dos melhores terceiros colocados da competição, após empatar duas partidas e perder uma pelo grupo B.

Vale lembrar que, nas edições de 2011 e de 2015 da Copa América, o Brasil acabou desclassificado nas quartas de final pelo Paraguai.

*Fábio Lisboa é jornalista e comentarista esportivo dos programas da TV Brasil Stadium e No Mundo da Bola.

Continue lendo

EM ALTA